Portfolio

Fotografia Recente

Página em constante actualização, que reúne uma colecção dos mais recentes trabalhos de fotografia de natureza e paisagem natural.

Litoral Selvagem

«<i>O mar foi o nosso caminho para o mundo, a sedução permanente da aventura, a rota fascinante do desconhecido. Pelo mar, caldeámos homens e culturas, construímos uma mentalidade nova para um mundo novo</i>.» (Rui Rasquilho em \"Portugal e o Mar - Viagens pelos Descobrimentos\", 1983).<br /> <br />Entre o mar e a terra, o litoral marítimo é uma fronteira mística. Da extensa costa Portuguesa, partiram os grandes navegadores da história que deram \"novos mundos ao mundo\", existindo forte tradição na cultura Portuguesa no confronto entre o Homem e o Mar. A fronteira Atlântica Portuguesa revela-se de imponentes paisagens, entre baías selvagens, enseadas fortemente encaixadas entre arribas, costões e locais desertos de enorme beleza natural, muitas vezes dificilmente acessíveis.

O Mar do Sul

Coração da Montanha

As paisagens serranas, esculpidas por geologias, ventos, e modeladas por águas de glaciação que encerram enorme riqueza florestal, abundante vegetação que reveste montanhas até aos limites das linhas de água, campos de cultivo e pastagens. São serras de águas puras que deslizam nos leitos de vales encaixados, sinuosos e de escarpas que se elevam a centenas de metros à crista das montanhas, por vezes de encostas despidas e selvagens - de cumes mais perto do céu. Entre os penedos recortados, despejam-se ribeiras em cascatas que revestem de musgos as rochas que a água atravessa.

Rio e a Planície

«<i>No Alentejo (...) o olhar atinge o seu zénite. No horizonte raso e limpo tudo parece pegado à terra. Um delírio de luz sobe à cabeça, como a música das cigarras. Neste longo, ardente verão do sul apenas a cigarras têm modulações, mas os seus olhos queimam como duas pedras expostas ao sol durante milhares de dias</i>.» (Eugénio de Andrade, Alentejo, 1997)<br /> <br />Alentejo, ora remoto, de natureza intacta, relevos acentuados, ora a planície de montado e cultivo, sempre sob clima extremo, a paisagem do Sul e as serras atravessadas pelo Grande Rio.

Floresta Mágica

«<i>Os raios de luz cinde-se entre troncos, energia penetrante que só encontramos nas mais consagradas exibições da criação.</i>» (Henrique Dinis da Gama, Outubro de 2001, \"O Verso da Paisagem\").

Natureza Intimista